Posts

Roselei é escolhido patrono das turmas do 9º e 3º ano do Maria Ramos

Alunos da escola estadual Professora Maria Ramos estiveram no gabinete da Presidência da Câmara Municipal na manhã desta segunda-feira (27) para convidar o vereador Roselei Françoso (MDB) a ser patrono das turmas do 9º ano do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio.

A formatura, que será em dezembro no The Palace, está sendo organizada por uma comissão formada por estudantes, pais e professores. A escola Professora Maria Ramos foi fundada em 1966 e funciona no bairro Boa Vista, em São Carlos.

“Foram os próprios alunos que pesquisaram a vida dos políticos e escolheram o vereador Roselei”, explicou a diretora Andreia Abibi de Souza Neves. “Você ouve, é uma pessoa do bem e uma pessoa do povo, por isso eles se identificam”, frisou Andreia.

“É bom ter alguém que escuta o que a gente está falando”, concordou a estudante Larissa Alexandre. “Este ano tivemos o projeto de estímulo para a retirada do título de eleitor”, explicou a estudante Ana Laura Brizola. “A partir daí procuramos um político simpático à Educação para ser nosso patrono”, completou.

“É uma emoção muito grande receber um convite para ser patrono dos alunos da escola Professora Maria Ramos”, comentou emocionado Roselei Françoso. “Procuro dedicar minha vida à Educação e ter este reconhecimento é uma honra”, frisou.

Também estiveram na Câmara, a vice-diretora da escola, Luciane Pilegi, e os estudantes, Nattalia Lima Silva, João Henrique, Camilly Ferrari de Oliveira e Júlia Estefany Sobrinho.

Roselei prestigia inauguração do Cemei Renato Jensen no Jardim Zavaglia

O presidente da Câmara Municipal de São Carlos, vereador Roselei Françoso (MDB), esteve na inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei), Renato Jensen, no Jardim Zavaglia, na manhã desta quinta (23).

Os vereadores Rodson Magno (PSDB) e André Rebelo (União Brasil) também participaram do evento. O presidente da Câmara de Porto Ferreira, Alan João (PSD), a convite de Roselei, prestigiou a solenidade, que contou com a presença do prefeito Airton Garcia, da secretária de Educação, Wanda Hoffmann, e demais autoridades municipais.

“Fico muito feliz de estar nesta inauguração, o Zavaglia e a toda essa região merecem essa atenção do Poder Público”, frisou Roselei. A escola do Zavaglia, de acordo com Roselei, poderia ter sido entregue em 2013 ou 2014.

“Conseguimos os recursos para esta escola em 2010, mas infelizmente os recursos foram perdidos e a escola somente foi construída agora”, registrou Roselei. Para ele, o importante é que agora o bairro está atendido. “A gente já sabe que há um compromisso de ampliar essa escola para atender mais crianças”, frisou.

“Agradeço muito a equipe da escola, na pessoa do diretor Jacinto, pela dedicação aos nossos alunos”, disse a secretária Wanda. “A família está muito feliz com a homenagem ao meu avô Renato Jensen”, disse Tiago Jensen.

Renato Jensen se formou professor em 1938 e atuou na carreira até 1972, quando se aposentou. Também se destacou como membro da maçonaria e foi um dos fundadores do Círculo dos Orquidófilos São-carlense.

Roselei pede pagamento de adicional para agentes de saúde e endemias

O presidente da Câmara Municipal de São Carlos, vereador Roselei Françoso (MDB), protocolou indicação à Prefeitura para que seja elaborado projeto de lei que cria o repasse de incentivo financeiro adicional aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s) e Agentes de Combate às Endemias (ACE’s).
“Este tipo de projeto de lei precisa ser apresentado pela Prefeitura porque envolve recursos orçamentários”, explica Roselei. “Meu papel, enquanto parlamentar, é apresentar os caminhos para viabilizar”, frisa.
Vários municípios brasileiros já aprovaram lei semelhante para formalizar esse repasse, que é enviado exclusivamente pelo Ministério da Saúde e pago em parcela única anual. “Esses profissionais colocam a própria vida em risco para salvar a vida da população e por isso merecem todo o reconhecimento possível”, comenta Roselei.
Os Agentes de Saúde têm função primordial junto à população, pois circulam os bairros em contato com os moradores para levar melhor qualidade de vida, principalmente àqueles mais carentes, inclusive levando médicos e enfermeiros para o interior das casas dos pacientes.
Já os Agentes de Combate às Endemias trabalham fazendo a vistoria de residências, depósitos, terrenos baldios e estabelecimentos comerciais para buscar focos endêmicos. Inspeção cuidadosa de caixas dágua, calhas e telhados.
Na indicação, Roselei protocolou também a minuta de proposta de um projeto de lei, que autoriza o Poder Executivo Municipal a efetuar o pagamento de uma parcela anual do incentivo, conforme previsto no parágrafo único do Decreto nº 8.474/2015, na Lei Federal nº 12.994/2014, e no Art 9º C, §4º da lei Federal nº 11.350/2006, visando reconhecer e estimular os profissionais que trabalham nos programas estratégicos da política Nacional de Atenção Básica.

Roselei pleiteia novos recursos para São Carlos junto ao governo do Estado

O presidente da Câmara Municipal de São Carlos, Roselei Françoso (MDB), esteve mais vez no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, em busca de recursos para infraestrutura em São Carlos. A agenda desta quarta-feira (26) foi com o secretário de Desenvolvimento Regional, Rubens Cury, intermediada por Edna Martins.

“Desde que assumi a presidência da Câmara entendi que minhas responsabilidades com o município aumentaram e sempre que possível vou em busca de recursos, obras e programas que possam beneficiar nossa cidade e a população”, destacou Roselei.

Roselei solicitou apoio do governo do Estado, junto ao secretário Rubens Cury, para a liberação de recursos com o intuito de revitalizar a Praça Luiz Paulillo Filho, localizada no Jardim Cardinalli.

Também conhecida como Praça da Acisc, o local aguarda ser revitalizado. “A Acisc fez o projeto arquitetônico, a planilha de custos, vem discutindo com a Prefeitura e nos procurou na Câmara para unirmos esforços e conquistarmos os recursos para essa obra”, detalhou Roselei.

“Aquela região carece de um espaço como este e o mais importante é que a Prefeitura terá o apoio da Acisc para manter o local preservado”, explicou Roselei. O presidente da Câmara solicitou recursos na ordem de R$ 500 mil para a construção de uma ponte sob o córrego Itararé, em Santa Eudóxia.

“Também solicitei outros recursos para infraestrutura, como pavimentação e drenagem de bairros”, salientou. “É fundamental unir esforços em prol de nossa cidade”, disse Roselei.

Conquistas – O governo do Estado liberou recursos na ordem de R$ 60 milhões recentemente para a construção de 5 novas escolas estaduais, iniciou a recuperação da estrada vicinal Guilherme Scatena. “O governador Rodrigo Garcia também anunciou nesta semana a construção de um novo prédio da FATEC para São Carlos”, lembra Roselei. A rua Sebastião Ramos, no Varjão, também deve ser recapeada a pedido de Roselei. Por meio da bancada estadual do MDB o município recebeu R$ 1 milhão, dos quais metade será utilizada na Saúde e a outra metade em pavimentação. “São demandas que nós, enquanto vereador e presidente da Câmara, pleiteamos e trabalhamos para viabilizar”, recorda Roselei.

Roselei comemora recuperação da vicinal Guilherme Scatena

A recuperação da estrada vicinal Guilherme Scatena, também conhecida como estrada do 29, começou a ser recuperada nesta quinta-feira (18) pelo convênio firmado entre a Prefeitura de São Carlos e pelo Governo do Estado de São Paulo. Os 12 quilômetros da estrada serão recuperados.

“Fico feliz de ver essa obra acontecendo, era um compromisso do Estado, por meio do então secretário Vinholi, com São Carlos”, lembra o vereador Roselei Françoso (MDB), presidente da Câmara de São Carlos.

Em julho de 2021, Roselei esteve no Palácio dos Bandeirantes, com o chefe de gabinete da Prefeitura, José Pires Carneirinho, para entregar ofício e pleitear a recuperação da estrada ao secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Na ocasião, Roselei ressaltou que a demanda era uma reivindicação dos moradores do balneário e que a estrada é o principal acesso, passando pela UFSCar, ao Parque Ecológico, que recebe cerca de 4 mil visitas por semana, condomínio Parque Espraiado, Horto Municipal e Embrapa Pecuária Sudeste. “A Guilherme Scatena é fundamental para São Carlos”, frisa o parlamentar.

Segundo o secretário de Obras da Prefeitura de São Carlos, João Muller, os 3,9 quilômetros iniciais da rodovia, que vão da UFSCar até a Embrapa Pecuária, terão o pavimento atual retirado para uma nova recomposição asfáltica. “A estrada será totalmente recapeada e ganhará nova sinalização”, detalhou Muller.

A obra está sendo realizada pela empresa são-carlense Bandeirantes com investimentos de cerca de R$ 7 milhões pelo programa Pró Vicinal. “Essa é uma conquista para a cidade de São Carlos que contou com a união de várias forças políticas, em especial do prefeito Airton Garcia”, comemora Roselei.

Na mesma ocasião, Roselei também solicitou ao então secretário Vinholi, a pavimentação da rua Sebastião Ramos, no Tutoya do Vale, paralela à rodovia Engenheiro Thales de Lorena Peixoto. “Essa rua se tornou um corredor comercial entre o Tutoya e o Buritis”, recorda Roselei.

Roselei busca recursos para São Carlos junto ao secretário estadual João Otaviano

Depois de participar de reuniões com o secretário estadual de Logística e Transporte do Estado de São Paulo, João Octaviano, e com a diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, para discutir a situação da ETEC Paulino Botelho de São Carlos, cujo teto caiu recentemente, o presidente da Câmara Municipal de São Carlos, vereador Roselei Françoso (MDB) trouxe boas notícias para São Carlos.

“Apresentamos as demandas de São Carlos, Ibaté e Araraquara para melhorias na rodovia Washington Luís”, disse Roselei. “A melhor notícia que ouvimos do secretário é que o edital da próxima concessão não está fechado e que essas melhorias podem ser incluídas”, frisou Roselei.

O Estado divulgou que São Carlos e região poderá receber recursos superiores a R$ 250 milhões em obras como novas passarelas, adequações nos dispositivos de acesso e principalmente na construção de marginais ao longo da passagem da SP-310 por São Carlos.

Roselei lembrou que os parlamentares de São Carlos, Araraquara e Ibaté, prefeitos e demais lideranças conseguiram demonstrar ao governo de São Paulo que a construção de mais uma praça de pedágio seria insuportável para usuários da rodovia. “O secretário João Octaviano reconheceu que a pressão contrária que fizemos surtiu efeito”, detalhou.

Roselei também relatou sobre a construção de um novo prédio da FATEC ao custo de R$ 30 milhões em uma área de 22 mil metros quadrados no Parque Eco-Tecnológico Damha. “O Estado tem os recursos para as obras, a Prefeitura de São Carlos precisa viabilizar o projeto executivo, de custo estimado em R$ 300 mil, tarefa que assumi a missão de conversar com o secretário municipal de Governo Edson Fermiano e o prefeito Airton Garcia” frisou Roselei.

Já sobre a ETEC Paulino Botelho, Roselei explicou que em reunião com a diretora-superintendente Laura Laganá ficou acordado que uma equipe técnica visitará o prédio para propor um projeto de reforma mais detalhado, incluindo a cobertura da quadra. “Espero conseguirmos presentear a ETEC nesse aniversário de 90 anos da escola”, observou.

“O ex-secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, foi fundamental para viabilizar as agendas. Ele se tornou um verdadeiro são-carlense, que tem nos apoiado integralmente nas nossas bandeiras”, disse Roselei. A reunião com o secretário de Logística foi intermediada pela União de Vereadores do Estado de São Paulo.

“Fiquei muito satisfeito com essas boas notícias e extremamente agradecido ao governo Rodrigo Garcia, ao nosso amigo Rossieli e à Uvesp”, salientou. O presidente da Câmara de Ibaté, Valentim Fargoni, participou da reunião. Já o presidente do Legislativo de Araraquara, Aluísio Boi, não pode participar.

Governador – No próximo dia 23 o governador Rodrigo Garcia estará em Araraquara no período da manhã. Uma agenda em São Carlos está sendo construída. A expectativa é que o governador fale sobre a não instalação do pedágio, anuncie redução de 15% na tarifa e a implantação de desconto para usuários frequentes.

Roselei anuncia reajuste de 24% para os servidores da Câmara

O presidente da Câmara, vereador Roselei Françoso (MDB), anunciou nesta terça-feira (29) a decisão de conceder reajuste salarial de 24% aos servidores públicos do Legislativo. O valor corresponde aos 18% concedidos pela Prefeitura e mais 6% de recomposição salarial referente ao extinto prêmio assiduidade.

“Nós faremos aquilo que a Prefeitura já está fazendo, mas incluindo a devolução do prêmio assiduidade aos servidores deste Legislativo”, explicou Roselei durante sua fala na tribuna da Câmara. Atualmente, a Câmara tem 98 servidores públicos. O reajuste não contempla o subsídio dos vereadores.

Roselei explicou que enquanto presidente da Câmara tem competência para decidir sobre os servidores do Legislativo. “Assim como a Prefeitura tem para os servidores do Executivo”, detalhou. “Não podemos fazer mudanças no projeto de lei que veio da Prefeitura”, completou.

O parlamentar frisou ainda que espera da Prefeitura o compromisso de devolver aos servidores “aquilo que lhes pertenceu durante anos e anos”. “Aquilo que era concedido como benefício por meio de prêmio assiduidade e décimo quarto salário precisa ser incorporado como aumento real”, observou.

O presidente da Câmara contou ainda que há pelo menos dois meses iniciou a discussão junto à Mesa Diretora da valorização dos servidores. “Discutíamos as perdas salariais dos servidores e as formas de compensá-los para evitar perder bons profissionais para a iniciativa privada”, disse. “Fizemos todas as gestões jurídicas possíveis para reverter a perda dos benefícios, mas não conseguimos”, salientou.

União de esforços – Roselei aproveitou a oportunidade para recordar do papel dos vereadores junto ao Sindspam na reabertura das negociações com a Prefeitura, o que culminou na proposta de 18% mais os R$ 650,00 do tíquete aprovados em assembleia no último sábado (26).

“Espero que o combinado entre a Prefeitura e o Sindicato seja cumprido pela valorização dos servidores públicos, os principais responsáveis pelo atendimento da nossa população”, ressaltou.

Em resposta a Roselei, Prefeitura diz que 582 alunos têm alguma necessidade especial

A Rede Municipal de Educação tem 582 alunos com alguma necessidade especial. Essa demanda está distribuída em 52 escolas municipais, entre Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEI) e Escola Municipal de Educação Básica (EMEB). As EMEBs Dalila Galli, no Jockey Club, e Angelina Dagnone de Melo, no Santa Felícia, atendem, individualmente, o número de alunos na educação especial, 72 e 64, respectivamente.

As informações estão nas respostas da Prefeitura de São Carlos ao requerimento 407/2022 protocolado pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Roselei Françoso (MDB). “O atendimento aos alunos de educação especial está precário neste início de ano letivo, tornando dramática a vida de centenas de famílias”, frisou o parlamentar. De acordo com o documento, a Rede Municipal possui 47 professores efetivos e aguarda a contratação de outros 17.

Para Roselei, a reclamação por parte dos pais de alunos e de profissionais da Educação é cada vez maior. “A situação é grave e justamente por isso a sociedade e algumas instituições se organizaram para cobrar providências urgentes da Prefeitura”, explicou o presidente da Câmara.

Roselei lamentou que a situação tenha chegado a este ponto. “As aulas começaram no dia 7 de fevereiro, a Prefeitura efetivou 3 professores de Educação Especial e 2 intérpretes de Libras recentemente”, contou. Somente no dia 23 de fevereiro foram atribuídas as aulas para a contratação de temporários. De acordo com a Secretaria de Gestão de Pessoas, um processo seletivo deverá ser aberto nos próximos dias para a contratação de professores temporários.

Ainda de acordo com as respostas ao requerimento, atualmente existem 4 professores afastados por motivos de doença ou licença maternidade. Dos 582 alunos que necessitam de professores de educação especial, 23 conseguiram por meio de liminar na Justiça.

Reação – Um grupo de 40 mães, pais e responsáveis organizou um abaixo-assinado com o intuito, segundo o grupo, de cobrar providências da Prefeitura. Até a manhã desta sexta (4), 701 pessoas já tinham assinado o documento (https://peticaopublica.com.br/?pi=BR123062). Na sessão ordinária da Câmara do dia 22 de fevereiro, diversos vereadores relataram o drama de famílias que necessitam deste atendimento.

Uma reunião entre a Defensoria Pública e a Câmara de Vereadores foi agendada para a próxima quarta (9). “Além da Câmara, as pessoas procuram a Defensoria e o Ministério Público. Vamos unir esforços para contribuir com a Prefeitura na solução definitiva deste problema”, salientou Roselei.
“Precisamos pensar o tema de forma ampla e construir uma política pública abrangente, que atende a demanda na rede formal de educação e também junto às conveniadas, cuja situação também dramática”, ressaltou o presidente da Câmara.
A Secretaria de Educação informou que as respostas ao requerimento se baseiam em dados de 2021, uma vez que o censo deste ano ainda está em fase de levantamento.

Roselei visita escola João Batista Gasparin, no Zavaglia

O presidente da Câmara de São Carlos, vereador Roselei Françoso (MDB), esteve na manhã desta sexta-feira (28) na Escola Estadual Professor João Batista Gasparin, localizada no Jardim Zavaglia, a convite da diretora Juliana Gastaldi.

Roselei foi recebido pela diretora e pelos dois vice diretores da escola, Pedro Henrique Eneas Ferreira e Thalita Pamela Alves. Na sequência, falou com os professores da escola sobre novos projetos e ações que envolvem a educação e a comunidade do Zavaglia.

“Fiz questão de convidar o Roselei para agradecê-lo pelo apoio que tem nos dado nos pleitos da escola”, disse Juliana. “Ele sempre está à disposição para nos auxiliar”, comentou a diretora.

“A escola Gasparin está de parabéns, muito bonita e bem cuidada, é sempre um prazer ser um parceiro da Educação, seja por meio das escolas municipais ou estaduais”, comentou Roselei Françoso.

Para o parlamentar, fortalecer a Educação é o caminho certo para melhorar o futuro do país e dar melhores oportunidades para os jovens. “Especialmente aqueles que estão na periferia das cidades e tem menos acesso a bens e serviços”, frisou.

Roselei parabenizou a direção da escola e toda a comunidade pelo embelezamento e estrutura da unidade. “O Programa Dinheiro Direto na Escola, o PDDE, tem sido fundamental para nós”, explicou a diretora. “É visível que o PDDE tem feito a diferença e por isso mesmo eu fiz uma lei criando o PDDE Municipal que já está em vigor em São Carlos”, salientou Roselei.

Roselei participa da Câmara Juvenil da Escola Luiz Viviani Filho

O presidente da Câmara Municipal de São Carlos, vereador Roselei Françoso (MDB), participou na tarde desta quarta-feira (1°) da Câmara Juvenil da Escola Estadual Luiz Viviani Filho, localizada no bairro Cidade Aracy.

O projeto é coordenado pelos professores Márcio e Roberta, com o apoio da direção escolar e demais professores e tem o objetivo de aprofundar o conhecimento dos alunos sobre o funcionamento do Poder Legislativo Municipal.

Formado por alunos dos três anos do Ensino Médio, o projeto integra a disciplina “Educar para a Cidadania” e tem a intenção de resgatar os valores da humanização e relações sociais.

Os alunos montaram um plenário e se colocaram no lugar dos vereadores, formaram mesa diretora, constituíram um regimento interno e estabeleceram a tribuna livre para uso da população.

“Fui convidado para falar na Câmara Juvenil e fiquei muito honrado”, disse Roselei Françoso. “É esperançoso assistir jovens alunos se organizando e estudando mais profundamente o funcionamento do legislativo”, observou o presidente da Câmara.

Para Roselei, são fundamentais atividades como essa. “Os professores e a direção da escola estão de parabéns, é revigorante saber que no futuro podemos ter cidadãos melhor preparados e, porque não, políticos mais comprometidos com as questões sociais”, salientou.